segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

PAPO DE CABELO: VAMOS FALAR DE FIOS?





O nosso país é miscigenado. Somos vários tipos: brancos, indígenas, negros, orientais... Enfim, o Brasil tem várias cores e tão variado quanto à cor da pele é o tipo de cabelo. É exatamente, da textura dos cabelos que falaremos neste post.


Tipo 1: O cabelo liso escorrido. Sabe a Cléo Pires e a Camila Queiroz? Ou aquela colega sua descendente de japonês, ou indígena? Pois é, normalmente essas pessoas possuem cabelos lisos. São fios que não possuem nenhum tipo de ondulação, não fazem cachos e para permanecer com aquela forma não necessitam fazer alisamentos mecânicos como chapinhas e escovas. Este tipo de fio é muito resistente;


1A- É o cabelo liso, sem ondulação e fino;

1B- É o cabelo liso, sem ondulação e médio;

1C- É o cabelo liso, sem ondulação e grosso;


Tipo 2: O cabelo ondulado. Pode ser dividido em três subtipos, que são: 2A, 2B e 2C (Eu me encaixo nesse grupo aqui), o alisamento neste grupo é mecânico, nunca químico;



     2A- Minha mãe tem este tipo de cabelo. Meio pela mistura de índio com branco, meio por influência do meio-ambiente, o fato é que a minha mãe tem um cabelo com leve ondulação, um fio grosso e resistente;

2B- É o cabelo da minha irmã e em parte o meu. Tem uma ondulação, consegue ficar liso com facilidade. Não é rebelde, o volume é sempre controlado. É um cabelo com características europeias. 


2C- É o meu cabelo e o do meu pai. Eu tenho miscigenação, entretanto, o meu pai não é miscigenado (família franco/ italiana). É um fio que você encontrar entre brancos e não brancos. O alisamento é simples e mecânico, também faz cachos com facilidade. Mas, é mais delicado que os outros fios supracitados.



Tipo 3: Cabelos cacheados. Também pode ser dividido em três subtipos, que são: 3A, 3B e 3C, o alisamento é químico e deve ser feito com muito cuidado. É mais vantagem permanecer cacheado;



  3A- É um cabelo que sofreu miscigenação, um fio sensível, delicado e geralmente seco. Exatamente por isso, que deve ser mantido o mais natural possível. Trata-se de um tipo de fio bem comum em nosso país. Se optar por alisar lembre-se que o alisamento químico não deve ser forte e dê preferência aos alisamentos gradativos.

 3B- É o cabelo de minhas amigas Priscila e Lizandra. A regra para o alisamento é a mesma, mas, geralmente, é um fio que fica muito mais bonito cacheado. É delicado, na maioria das vezes é muito cheio. 

  3C- Tenho várias amigas com este fio. Mas, acho que duas se destacam, Nanay e Adalaete. Muito volume forma bem definido (mesmo sem produto), mas, normalmente, é seco. Alisamento aqui é mais pesado e não é um bom negócio;


Tipo 4: São os cabelos Afros. São fios muito delicados e que necessitam de muito cuidado para mantê-los lindos e saudáveis. O alisamento neste caso, é uma química mais intensa e por isso, inadequado para as características desse tipo de fio. O ideal também é manter a característica do fio e hidratá-los uma ou duas vezes na semana.


4A- Afro mas com definição. Os fios costumar ter uma textura mais macia, é o menos sensível dos três;

4B- Mais sensível que o de cima, costuma ser bastante seco mas, ainda é possível perceber alguma definição nos fios;

4C- Afro, como os outros dois, porém, sem forma definida. Trata-se de um fio extra-seco. O cuidado deve ser ainda, mais acentuado;

Bem, aguardem a segunda e a terceira parte. Falarei sobre alisamento e como manter ondas, cacho e o seu afro cada dia mais lindo.

As imagens foram tiradas do site:

                                                                                                           
                                                                                                    Um beijo e um queijo!